Metas para o novo ano!

E você já começou a tirar do papel suas metas ou vai esperar o carnaval passar?

Todo final de ano é bem comum relembrarmos se colocamos em prática ou não as nossas metas do ano que se passou e aproveitamos para já planejarmos o que virá, mas muito comumente ainda é reescrevermos aqueles objetivos que não saíram do papel no ano anterior.

E porque será que estes não saíram do papel?

Pois é, aí é que está o problema! Muitos acreditam que estabelecer metas significa, simplesmente, colocá-las no papel. Esse pensamento impede que as pessoas tenham sucesso, porque uma meta não é apenas seguir uma lista e riscar o que foi cumprido, mas sim mudar e manter os novos hábitos.

É preciso querer realizar as metas, não focalizando apenas no resultado final, mas é necessário vivenciá-las considerando os medos, preocupações, pensamentos negativos e lembranças que podem interferir no nosso comportamento. Em geral, o ser humano tende a estacionar em hábitos, ainda que paradoxalmente anseie por mudanças.

Muitas das metas que começam a ser tiradas do papel ficam pelo meio do caminho. Isto acontece porque damos espaço à procrastinação, um comportamento que nos faz adiar as tarefas.

Para deixar de empurrar tudo para amanhã, aí vão algumas dicas para fazer diferente em 2018:

  • Coloque no papel tudo aquilo que você gostaria de fazer diferente ou começar a fazer no próximo ano.
  • Trace metas que tenham algum significado prático em sua vida;
  • Defina metas possíveis e acredite nelas;
  • Trace um plano de ação;
  • Estabeleça prazos reais a curto e longo prazo;
  • Seja resistente as distrações ou barreiras que te empeçam de cumprir os objetivos, mas não seja tão rígido consigo mesmo;
  • Comemore e se possível se recompense a cada conquista

O que faz com que algumas metas sejam adiadas para o ano seguinte é muitas vezes, começar a estabelecer metas sem um objetivo sólido sobre o que quer ser ou ter. Por isso seu destino deve ser claro algo concreto que possa visualizar futuramente.

Os objetivos mal estabelecidos só aumentam a ansiedade e frustração e podem revelar como uma armadilha para nosso próprio crescimento, ofuscando a coragem de tentar de novo.  Sem uma visão bem definida do que você quer, estará sempre mudando de objetivos e não conquistará nenhum.

Caso ache impossível fazer sozinho depois de tentar por vários anos sem sucesso, um profissional bem qualificado pode auxiliá-lo neste caminho.

O importante é sentir-se em movimento e se realizando a cada ano!!!